Participações

2019

15/11
Ua Enselada Ibérica
500 anos do Foral de Antuã

O Bando de Surunyo

Direção Musical: Hugo Sanches

Cine-Teatro, Estarreja

08/11
500 years of dancing between Portugal and the World
EADH Annual Conference – “Colonial dancing in Europe, European dancing in the colonies”

Mercurius Company, Ensemble Portingaloise, Tiziana Leucci, Bando de Surunyo, Renantique, Dalila Teixeira, NEFUP

Armazém22, Vila Nova de Gaia

12/10
TEDx Vila Nova de Gaia – EQUINÓCIO
Performance “Equinócio da Dança” – Partilhar a intemporalidade da harmonia do movimento

Ensemble Portingaloise com a participação dos alunos do Ginasiano Escola de Dança em formação em contexto de trabalho (FCT)

The Baron’s Hall, V. N. de Gaia

15/09
Dias d’As Virgens Negras
“Toda a Riqueza do Mundo: objetos viajantes e outras histórias mirabolantes”

Direção artística: Carme Juncadella

Ermida de Nossa Senhora da Guadalupe, Vila do Bispo

27/07
Paralelismos – Da corte de Luís XIV à “Ópera de São Paulo”
Eborae Musica

Orquestra Barroca de Mateus

Direção: Ricardo Bernardes

Conservatório Regional de Évora

13/07
Jantar Barroco
Arouca, História de um Mosteiro – Retratos do Barroco

Animação do jantar pelo Ensemble Portingaloise

Claustros do Mosteiro de Arouca

22/06
Recitar cantando – Sarau na corte do Duque de Mantua
Festival Internacional de Música de Gaia

Grupo de Música Reservata, Estúdio de Ópera do Conservatório Superior de Música de Gaia

Encenação: Fernanda Correia

Direção Musical: Mário Mateus

Claustros do Mosteiro da Serra, Vila Nova de Gaia

Maio
Que sonoramente canta
Lírica, devoção e dança do renascimento e barroco ibérico

O Bando de Surunyo

Direção Musical: Hugo Sanches

11/05 – Música em SI Maior, Ciclo de Música Barroca – Igreja Matriz de Santo Antão do Tojal, Loures

10/05 – Igreja do Bonfim, Porto

16/03
L’Europe Galante
de André Campra

Curso de Música Antiga da ESMAE

Teatro Helena Sá e Costa, Porto

2018

14/07
Jantar Barroco
Arouca, História de um Mosteiro – Retratos do Barroco

Animação do jantar pelo Ensemble Portingaloise

Claustros do Mosteiro de Arouca

16/06
Virgem Negra de Montserrat – El Libre Vermell
Dias d’As Virgens Negras

Direção musical: Carme Juncadella

Ermida de Nossa Senhora da Guadalupe, Vila do Bispo

18/05
Les Indes Galantes
de Jean-Philippe Rameau

Orquestra Barroca Vigo 430

Direção: José Manuel Navarro

Auditorio Municipal do Concello de Vigo, Galiza, Espanha

2017

28/10
Exuberância Barroca – Música e Dança
inserido no Festival Música ao Centro

Com.Cordas Ensemble

Direção musical: Miguel Simões

Salão Medieval da Reitoria da Universidade do Minho, Largo do Paço, Braga

02/06
Paralelismos Musicais nas Cortes de Luís XIV a D. Maria I
Excertos de entretenimento de óperas e bailados nas cortes francesa e portuguesa no séc. XVIII
Séries de Concertos “Aldeias com Vida”; no Festival Caminhos de Mateus

Americantiga Ensemble

Direção Musical: Ricardo Bernardes

Claustros do Mosteiro de Sta. Maria de Salzedas, Tarouca

14/01
Rituais & Paródias
Coro de Câmara de São João da Madeira

Direção: Joana Leite Castro, Rui Soares

Casa da Criatividade, São João da Madeira

Madre Paula
série televisiva da RTP1

Participação especial com danças de corte, Episódios 2 e 4

Realização: Tiago Alvarez Marques, Rita Nunes

2015/16

Alegram-se os céus e a terra baila
O Bando de Surunyo

Direção: Hugo Sanches

05/11/2016 Capela da Universidade de Coimbra

22/07/2016 Convento Corpus Christi, Vila Nova de Gaia

06/11/2015 Igreja de S. Salvador, Coimbra

Galeria de Vídeos

TEDx Vila Nova de Gaia, Equinócio da Dança

Inspirada na teoria clássica da harmonia das esferas, a dança barroca cumpria a função de entretenimento cortesão ou de arte do espetáculo entre os séculos XVII e XVIII.Para além de se regrar a partir de uma sugestiva representação da hierarquia social da corte, em que o rei era o centro (o sol), esta dança desenvolvia uma estreita relação com a música, descrevendo-a no espaço, dando-lhe forma visível. Em busca de novas harmonias mais contemporâneas, o trabalho aqui apresentado procura uma maior equidade de todos os corpos, procurando a equidistância, o equilíbrio dos seus movimentos individuais e das suas movimentações em conjunto. Conjugando épocas, tempos, vivências, experiências, idades dos corpos que se movimentam, vivemos momentos como o equinócio com a consciência da riqueza intrínseca à sua efemeridade.

Intérpretes: Catarina Costa e Silva, Daniela Leite Castro, Francisca Rodrigues, Inês Negrão, Luís Claro.

Participação dos alunos do Ginasiano Escola de Dança, Francisca Rodrigues e Luís Claro, em formação em contexto de trabalho (FCT).

Menuet, Madre Paula, Episódio 4

Participação do Ensemble Portingaloise no Episódio 4 da série Madre Paula da RTP. Daniela Leite Castro e Thiago Vaz, dançam para deleitar as Vossas Majestades, o Rei D. João V e a Rainha Maria Ana de Áustria, acompanhados pelos músicos António Vidal, César Nogueira e Carolino Carreira.

Menuet a quatre, Madre Paula, Episódio 2

Participação do Ensemble Portingaloise no Episódio 2 da série Madre Paula da RTP. Catarina Costa e Silva, Daniela Leite Castro, Inês Flores-Brasil e Joana Lopes, as aias de Vossa Majestade, a Rainha Maria Ana de Áustria, a dançar acompanhadas pelos músicos reais António Vidal, César Nogueira e Carolino Carreira.

Chacona sobre Zuguambe / A minino tam bonitio

Cançoneta de Negro para o Natal pelos Cónegos Regrantes do Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra, Portugal (ca. 1642).

Dançado por Ensemble Portingaloise. Catarina Costa e Silva (direcção coreográfica), Clara Couto e Daniela Castro.

Chacona sobre Zuguambe / A minino tam bonitio

Cançoneta de Negro para o Natal pelos Cónegos Regrantes do Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra, Portugal (ca. 1642).

Dançado por Ensemble Portingaloise. Catarina Costa e Silva (direcção coreográfica) e Daniela Castro.

Créditos da imagem de capa: José Ferreira