Marie Sallé

A Terpsicore de Haendel

19

Outubro
Dança e declamação
Aconselhamento artístico
Marie Sallé foi uma bailarina famosa no início do século XVIII que trabalhou com grandes nomes da dança, do teatro e da dança (como Georg Friderich Haendel que compôs para ela o prólogo Terpsicore em 1734) e foi referida por autores como Voltaire que a definiu como encantadora e graciosa. Com carreira internacional, contribuiu para a evolução da dança enquanto linguagem autónoma e capaz de estabelecer um diálogo maduro com as demais expressões artísticas. Integrando maior dramatismo nas suas atuações, foi pioneira no desenvolvimento do ballet pantomímico que inspirou o reformador Jean-Georges Noverre (1727-1810) na conceção do novo género ballet d’action. Um espetáculo com música de G. F. Haendel, J. F. Rebel e J. Ph. Rameau.  

Espetáculos

19/10/2019 – Festival Cezimbra Antiqua, Auditório Conde Ferreira, Sesimbra

27/09/2019 – ante-estreia, V Portingaloise – Festival Internacional de Danças e Músicas Antigas, Armazém 22, Vila Nova de Gaia

 

Vídeo

 

 

Créditos de Imagem: Adriana Romero